terça-feira, 4 de abril de 2017

Caminho del Salvador ao Primitivo: Prólogo!


Após um longo período de letargia e da pausa sabática, finalmente consegui algum tempo para voltar ao blogue, quase em vésperas de partir para o Caminho de Santiago (Caminho de Inverno), para publicar o relato do que foi a nossa travessia entre Léon, Oviedo e Santiago de Compostela, em Junho de 2016, no qual trilhámos o Caminho de S. Salvador e o Primitivo, ou seja, começámos por fazer o Caminho del Salvador, entre Léon e Oviedo, depois o Caminho Primitivo até Lugo, depois a variante de Friol, entre Lugo e Sobrado dos Monxes (Caminho do Norte) e finalmente a parte final do super massificado Caminho Francês, entre Arzúa e Santiago! O Prólogo do nosso Caminho começou no dia 30 de Maio de 2016 às 19h00 quando os nossos amigos e companheiros António Carrasco e Hugo Casimiro nos foram levar de carro, de Nisa até ao Terminal Rodoviário de Cáceres! Percorremos os 150 km que separam as 2 localidades, em amena cavaqueira em jeito de antevisão de nova aventura! O tempo que mediou a nossa chegada a Cáceres (cerca das 21h) e a partida de autocarro para Léon (23h45) foi passado em ameno passeio pelas imediações do Terminal e depois com um jantar volante com iguarias que trouxéramos de Nisa (empadas, bifanas e vinho). À hora marcada o autocarro da Alsa partiu! Até chegar ao nosso destino fez duas breves paragens. Às 06h00 do dia 31 de Maio chegámos à gare rodoviária de Léon! Às 08h00 tomámos o pequeno-almoço no bar da estação, após o qual metemos as mochilas às costas e, munidos do itinerário que previamente tinha sacado da net, fomos ao encontro do nosso amigo Alexandre Bittar que nos aguardava no Hostal Léon, junto à catedral da cidade.

Um dia mais do que bem passado em Léon!

Não foi preciso chegarmos ao Hostal Léon para encontrarmos o nosso amigo Alexandre, pois demos de caras com ele num quiosque nas imediações da catedral, a sua voz era inconfundível! No meio de calorosos cumprimentos lá fomos com o nosso amigo até ao Hostal para deixarmos as nossas mochilas no seu quarto! Fizemos um périplo pela cidade que incluiu um segundo pequeno-almoço na esplanada de um bar junto à ponte sobre o rio Bernesga! Às 11h00 fizemos o nosso registo no albergue RR MM Benedictinas (Carbajalas), onde adquirimos também a credencial especifica para fazer o Caminho de S. Salvador! Pagámos 7 euros! Almoçámos no albergue e na ementa ainda tínhamos alguns petiscos que trouxéramos de casa, tudo regado a preceito com vinho português e francês! Pouco depois encetámos um périplo pela "Rota dos bares" da cidade, com destaque para um em particular onde apenas se pagava a cerveja, as tapas eram oferecidas (e que tapas!). Entre as 17h e as 19h30 fui até ao albergue fazer uma sesta para recuperar da noite mal dormida, entre Cáceres e Léon! Os meus companheiros continuaram pela "Rota dos bares"! Jantámos no restaurante do albergue, um prato combinado (6 euros), à exceção do Alexandre que continuou a fazer amizades cm outros peregrinos num bar nas imediações do albergue! Às 21h30 assisti à bênção do peregrino pelas monjas beneditinas! Às 22h30 recolhi às camaratas do albergue, onde os meus amigos já estava a descansar!

Fotos de António Delfino



Sem comentários:

Enviar um comentário